Páginas

“Brahma Seleção Especial" é mais do que uma cerveja com edição limitada


A complexidade das ações publicitárias cresce conforme evolui a sua linguagem. Fazer propaganda hoje, já não é tão simples como antigamente. Para promover uma marca ou produto, algumas vezes é necessário lançar um novo produto. Não é mais estranho ver agências de publicidade sugerindo a seus clientes a criação de novos produtos.

Parece uma inversão de responsabilidades, mas não se trata disso. O fato é que o trabalho de comunicação já não limita aos canais tradicionais; e por conta disso, vê se possibilidades de comunicação que antes não eram consideradas. Essa inovação tem gerado bons resultados.

Em 2011 o leão de prata de Titanium e Integrated do Festival de Cannes Lions foi para uma campanha alemã que lançou uma marca de leite exclusivamente para promover a temporada de apresentação da orquestra sinfônica do Dortmund's Concert Hall. A campanha resultou em um retorno financeiro nunca obtido na história do Dortmund's Concert Hall.



No ano seguinte foi a vez da Nike levar o Grand Prix de Titanium com a campanha criada pela R/GA entorno da pulseira fuelband. Mais uma vez, um novo produto (uma pulseira que envia dados para uma plataforma social) é sugerido a partir de uma estratégia de comunicação sugerida pela agência, e não a partir de planos internos da própria Nike. Além de promover a marca (branding) a pulseira estimula a prática de exercícios físicos que por sua vez, aumentam o consumo de produtos de esporte. Uma grande sacada da agência R/GA que de fato, mereceu o prêmio conquistado no Festival de Cannes Lions.


Agora foi a vez da agência Africa utilizar desta estratégia para seu cliente Brahma. Patrocinadora oficial da Copa do Mundo FIFA 2014, a marca de cerveja lançou nas mãos da agência Africa o desafio de promover a marca Brahma durante a Copa de Mundo.
A agência resolveu apresentar ao seu cliente uma estratégia de campanha para a Copa do Mundo em 2014 que envolveria o lançamento de uma edição especial, porém, não se tratava apenas de uma edição com embalagem comemorativa. O projeto considerava a produção efetiva de uma nova cerveja.
Assim foi feito. Para ampliar o seu apelo e proximidade com o tema, a edição especial tem, além de uma embalagem própria, uma cerveja produzida sob a mesma fórmula da Brahma tradicional, porém, utilizando como ingrediente, uma cevada colhida em uma região tanto “especial”: a Granja Comary. Mais uma vez, é a agência interferindo na produção da empresa; criando um novo produto junto com o seu cliente.


Considere a complexidade desta campanha: ainda em 2013, a Brahma iniciou um projeto que envolveu a plantação de cevada em áreas no entorno da Granja Comary (RJ), tradicional local de concentração e treino da seleção brasileira. É lá que o time do Brasil faz seus preparativos para a Copa do Mundo e também foi lá que nasceu a cevada utilizada na fabricação da edição especial da cerveja, a “Brahma Seleção Especial".

A campanha de comunicação nasceu portanto, há pelo menos um ano atrás. Foi literalmente cultivada durante longos meses para finalmente agora, ser colocada nas gôndolas dos supermercados, nos canais de comunicação de massa, nas redes sociais e claro, nas mãos dos consumidores.

Mais do que um produto de edição limitada, a “Brahma Seleção Especial" é um veículo de comunicação por si só. É parte de uma estratégia de branding bastante complexa que provavelmente, trará bons resultados para a marca.