Páginas

Atendendo aos pedidos pelo Twitter, sinal da NHK é liberado no Brasil


No último domingo (13/11), soube que a operadora de TV por assinatura Net havia liberado excepcionalmente o sinal do canal NHK (147) para seus clientes com tecnologia Digital, HD e HD MAX.

De fato é uma atitude louvável da Net, já que em momentos emocionalmente tensos como esse em que se encontra o Japão, a informação torna-se um dado extremamente muito valioso, principalmente para parentes que estão longe.

O Brasil é um país que possui uma comunidade japonesa muito grande. Liberar o sinal do canal NHK é um ato social generoso e extremamente crucial para a comunidade japonesa no Brasil.

Imaginei que o benefício social seria maior ainda se todas as operadoras de TV por assinatura do Brasil fizessem o mesmo e assim, na mesma noite de domingo, pedi a colaboração dos usuários do Twitter para propagar pela rede a seguinte frase:

------------
Louvável a decisão da @NEToficial em liberar o canal NHK. Poderiam fazer o mesmo @SkyBrasil e @TVAoficial (RT plz)
------------

Na manhã da segunda-feira re-publiquei a frase, mas desta vez, adicionei ao convite a operadora Via Embratel:

------------
RT @EricMessa: Louvável decisão da @NEToficial em liberar a NHK (147). Poderiam fazer o mesmo @SkyBrasil @ViaEmbratel e @TVAoficial (RT plz)
------------

O resultado foi razoável: o tweet foi re-publicado por 180 usuários da rede. Isso significa que a mensagem ganhou 180 pontos de propagação espontânea.

Não é possível mensurar o número de pessoas atingidas pela mensagem, mas apenas para especular a sua amplitude, participaram da campanha usurários como @ReneFraga que possui mais de 5.600 seguidores; o @graveheart (mais de 7.900 seguidores); o @jonnyken (cerca de 7.800 seguidores) e o @maestrobilly (cerca de 13.500 seguidores).



Por conta de toda a repercussão, no final do dia tivemos uma boa notícia: a operadora Sky fez um comunicado pelo Twitter, dizendo que ouviu seus clientes e que também resolveu liberar o sinal do canal NHK (111). No site oficial da operadora há um comunicado sobre a liberação do canal.


Espero que as demais operadoras de TV por assinatura também avaliem o valor social desse ato e liberem o sinal da NHK durante esse período em que o canal japonês realiza sua cobertura sobre a catástrofe causada pelo terremoto/tsunami. A comunidade japonesa no Brasil agradece.


OBS: A pequena ironia dessa história toda é que em casa eu tenho a TV por assinatura da Telefônica, que infelizmente, ainda não possui o canal NHK na sua grade.



[UPDATED 16/03/2011]
Agora foi a vez da TVA entrar na campanha:


Hoje o @maestrobilly avisou-me pelo Twitter: a TVA também aderiu à campanha em solidariedade à comunidade japonesa no Brasil.

No seu perfil do Twitter, a TVA informou que atendendo aos pedidos dos usuários da rede, ela liberou o sinal do canal NHK (171), somente para as regiões de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Porto Alegre (digital).


Agora só resta a operadora de TV por assinatura Via Embratel (@viaembratel) também colaborar e atender os pedidos feitos nos últimos dias pelas redes sociais. Esse pequeno ato pode ser importante para confortar ou ao menos suprir de informação aqueles que moram no Brasil e possuem parentes no Japão.