Páginas

A publicidade é capaz de incentivar a violência sexual? E difamar a imagem de um povo?


Algum tempo atrás a DuLoren já fez polêmica com seu anúncio que na intenção de falar sobre o aborto, trazia a imagem de um suposto abuso sexual. Deu o que falar.

Desta vez foi a grife italiana Relish que soltou lá na Itália uma campanha em que mostra a imagem de policiais "revistando" duas mulheres. Detalhe: a cena acontece no Rio de Janeiro.

Pronto. Começou a polêmica sem fim na mídia impressa sobre as diversas minúcias dessa campanha. Afinal, essa imagem induz/incentiva/estimula a violência sexual? O anúncio prejudica a imagem do Rio? Difama a imagem do povo brasileiro? Faria diferença se fosse veiculada exclusivamente dentro do Brasil (para o público brasileiro)? E por fim, é mesmo necessário que ficasse evidente a cidade do RIO? Não poderia caracterizar a cena como uma metrópole qualquer?



MAIS SOBRE:
- Rio Police Offended by Italian Ad, Brazil Seeks Immediate Withdrawal of Posters
- Campanha de grife italiana irrita governo do Rio
- Grife usa Rio de Janeiro como cenário de campanha polêmica
- Italia-Brasile, ora si litiga su una pubblicità osé
- Eduardo Paes diz que campanha italiana é de mau gosto