Páginas

Blogs dominaram o tema das palestras da manhã

Infelizmente é impossível fazer uma cobertura completa de todas as palestras desta 30a Semana da Comunicação devido às diversas palestras que ocorrem simultaneamente.

Hoje pela manhã participei de duas palestras, e nestes dois casos o assunto girou entorno dos blogs.

Carlos Merigo, da FisherAmérica e do blog Brainstorm #9 comentou um pouco sobre sua atividade, citando inclusive que seu blog, criado desde a época em que cursava a faculdade de publicidade, foi grande influenciador na sua entrada no mercado de trabalho.

Ele fez uma ótima explanação sobre a influência das comunidades colaborativas nas ações de comunicação. Também citou diferentes casos de marketing viral, ressaltando que não existe uma fórmula pronta para o viral, mas é essencial a existência de um conteúdo relevante para que ocorra a propagação espontânea.

Ao final da palestra, muitos alunos perguntaram sobre sua atividade com o blog Brainstorm #9 e a influência do blog no seu dia-a-dia.

Na sessão posterior aconteceu a mesa temática “Distúrbios Midiáticos”, que tratava de diferentes casos em que uma informação fictícia é explorada como verídica. Eu participei da mesa juntamente com os professores Ronaldo Entler e Fábio Lacerda.

Após a apresentação do tema da mesa pelo Prof. Entler, eu fiz uma rápida apresentação sobre o caso do Asteróide Pallas que os leitores deste blog puderam acompanhar em posts anteriores.

Na seqüência o Prof. Lacerda trouxe uma apresentação sobre o programa no rádio (de Orson Welles) da Guerra dos Mundos ocorrida em 1938.

Para concluir, o Prof. Entler trouxe dois exemplos de artistas que realizam interferências com o objetivo de discutir os valores e o processo de comunicação. Um deles é o Joan Fontcuberta que montou uma exposição utilizando o nome de Hans von Kubert e o Joey Skaggs que envia releases falsos para imprensa.

Após as breves apresentações foi aberta a sessão de perguntas que giraram entorno da influência dos blogs na repercussão das campanhas publicitárias, a importância da responsabilidade, da ética e do senso crítico para o profissional de comunicação e como lidar com o modelo dinâmico da internet.