Páginas

Flashes de eventos ajuda a disseminar o twitter

Notas adicionais sobre o Intercon 2007



1 - O segundo dia de palestras do Intercon 2007 começou muito bem com um bate-papo com Carlos Merigo (Brainstorm#9), Cris Dias (Vilago), Fábio Seixas (Camiseteria) e Mauro Amaral (Carreira Solo). Meu comentário sobre a qualidade e pertinência das palestras no post anterior vale também para esse segundo dia.

2 - Numa rápida conversa com o Cris Dias, sobre a falta de novidade em palestras como essas, concluimos que antes de mais nada, é difícil definir exatamente o que é uma "novidade". Exemplo: alguns que estavam lá provavelmente nunca tinham ouvido falar tanto no Twitter, enquanto outros já utilizam há algun tempo. Além disso, palestras como essas servem para reafirmar propostas e conceitos que não são necessariamente uma "novidade", mas que são importantes e valem como dica, como fez o Raphael Vanconcellos (Agência Click) comentando o conceito de promover a permanência e interesse pelo conteúdo (Creating Time).

3 - Por fim, a idéia de utilizar o twitter como ferramenta de comunicação entre os participantes, bem como para envio de flashes durante o evento parece que se propagou definitivamente. Essa proposta começou timidamente no Blogcamp SP, entre alguns dos participantes e continou a ser utilizada a cada evento que se seguiu. Mas no Intercon 2007, além de utilizado para flashes, o twitter foi também muito comentado por diversos participantes o que gerou um grande volume de "seguidores" (followers) para os palestrantes "twitteiros". Enfim, cada comunidade acaba encontrando uma "forma" e função para o twitter.

Mais sobre o twitter na Intercon 2007:
- InterCon 2007 - a digestão (Blog do Yassuda)
- Twitter, ferramenta de flashmob (Techbits)
- Cobertura completa - iMasters InterCon 2007