Páginas

O blogueiro é um conteudista?


O Rafael Ziggy lançou na semana passada a nova versão do blog Sim,Viral. O que mais chamou minha atenção e estimulou esse post não foi o novo lay-out ou a parceria com a Midia Effects, mas a sua nova proposta de conteúdo.

Eu particularmente, sempre fui contra o que Ziggy chamou de "corrida não-declarada pela republicação de conteúdo". O próprio modelo do blog estimula a busca pela "novidade", mas nem por isso ele precisa ser a fonte dos furos de reportagem.

Claro, reconheço o valor dos blogs que vivem da proposta de noticiar tudo em primeira mão; mas não acredito que essa deva ser o a referência.

Nunca concordei com a velha comparação entre o jornal e o blog. O blog não pode contar com uma equipe inteira de repórteres e nem deveria entrar nessa briga. O blogueiro não deveria apenas "descrever os fatos", como faz o jornalista. Ele deveria libertar-se desse comprometimento do jornalista e assumir os riscos.

Outro dia numa conversa com Alexandre Fugita (Startupi) e Tato Tarcan (weRgeeks) reafirmei: o blogueiro não deveria ser comparado com um jornalista, mas talvez com um colunista.

Blogueiros dariam ótimos colunistas (jornais, fiquem de olho!). Aliás, muitos colunistas são hoje também blogueiros. Os grandes jornais inclusive já notaram isso e passaram a exigir dos seus colunistas que também escrevam no blog do jornal.

Um blog deve abordar os temas que são novidade nos seus respectivos segmentos, mas mais do que trazer a informação em primeira mão, ele deveria trazer um conteúdo mais completo e elaborado. Pode não ser o primeiro a noticiar, mas o post deve ser, sem dúvida, mais elaborado.

Blogueiros deveriam ser conteudistas. Especialistas em analisar e refletir sobre determinado assunto. O post não deveria apenas "descrever o fato", mas apresentar argumentos, opinião.

Fico feliz por essa nova postura adotada pelo SimViral. Espero que outros acompanhem essa tendência.