Páginas

Manifesto das Utas: o problema da remuneração da agência

A discussão sobre o modelo de remuneração das agências de publicidade não é nova. De fato acredito que já evoluimos bastante. São poucos que defendem o modelo tradicional de remuneração com base nos custos de produção e veiculação, mas ainda são muitos que aplicam o modelo.

Eu mesmo já comentei esse assunto em outubro de 2007 num artigo sobre o necessidade de um novo modelo de remuneração para o avanço da publicidade em mídias digitais.

Esta semana foi a vez da agência Propaganda Futebol Clube de Porto Alegre. Em um anúncio muito bem escrito e cheio de humor, a agência defende a idéia de que não devemos ter vergonha em cobrar pela criação e não através de uma porcentagem da mídia. O título é "Manifesto das Utas". Vale a pena ler o texto do anúncio. Clique na imagem para ampliar.