Páginas

Internet amplifica a voz do cidadão


A internet e seu sistema de comunicação em rede, e em tempo real, pode otimizar a organização de uma sociedade, pois através desta rede aberta e descentralizada, todo participante tem direito a opinar.

Reflexões semelhantes a essa já faziam parte das idéias de diversos teóricos da comunicação, como Marshall McLuhan e Pierre Lévy. Hoje vemos tais reflexões acontecendo na prática.

Um projeto de lei, proposto pelo Senador Eduardo Azeredo, batizado de Projeto Cibercrimes, tenta solucionar problemas da rede através da instituição da vigilância e limitação do acesso à internet. Particularmente não apoio o projeto da forma como é apresentado atualmente, acredito que devemos garantir o princípio de liberdade e descentralização (ver post sobre o assunto).

Por conta desse projeto, nas últimas semanas pude assistir na prática a reflexão iniciou esse post. Dentro das diversas redes sociais vi argumentos contrários ao projeto. Para mostrar a indignação do cidadão brasileiro sobre esse projeto organizou-se uma petição on-line e agora, o Dia da Blogagem Política (tag #blogagempolitica).

No blog oficial há toda a descrição do projeto de lei e também dos argumentos contrários. No final há um convite para que hoje, 19/07/08, cada blogueiro publicasse um post sobre o assunto.

Deixei para escrever no final do dia. Agora, por volta das 21h já encontrei 1.990 referências para o termo "blogagem politica + azeredo" no Google, no resultado da pesquisa apareceu desde aqueles que anunciavam a data de hoje como os posts do próprio dia.

No Technorati foram registrados 153 posts que indicavam link para o site oficial. E lá no site do Dia da Blogagem Política já haviam 79 comentários, a maioria, de blogueiros indicando o link do seu próprio post. Ou seja, o meu post agora é o 80º! Ah! E a petição on-line já conta com 68.593 assinaturas.

Considerando que alguns blogs tem mais leitores do que revistas nacionais de grande tiragem; fico imaginando: quantos cidadãos brasileiros não foram atingidos por essa campanha?