Páginas

O limite ético da Citroën

Em junho a Citroën causou certa polêmica com o anúncio veiculado em alguns portais na internet para o lançamento do C4 Pallas. Toda a polêmica foi acompanhada em um post deste blog e posteriormente outro post trouxe as conclusões do ocorrido.

Agora a Citroën volta a causar polêmica. Desta vez na Espanha. Um anúncio publicado no jornal El País traz a imagem de Mao Tsé-tung acompanhada da mensagem: "Citroën, líder em vendas 2006 e 2007. A César o que é de César. É certo, somos líderes, mas para a Citroën a revolução não termina".

A comunidade chinesa residente na Espanha não gostou do anúncio e a campanha foi cancelada.