Páginas

TV Brasil e Radar Cultura

Neste mês entraram no ar duas iniciativas que pretendem usar conceitos de interatividade e colaboração como recurso fundamental para sua programação de conteúdo:

TV Brasil
A emissora pública entrou no ar no dia 02 de dezembro e surgiu a partir de uma união das redes TV Nacional, TV Educativa do Rio de Janeiro e Educativa do Maranhão. Por enquanto possui uma grade de programação tradicional, sem apelos interativos. Com excessão do programa Repórter Brasil que coleta participações dos telespectadores através do site da emissora.

Há um projeto anunciado, o repórter espontâneo, que promete distribuir cerca de 15 mil celulares com recurso de gravação de vídeo. O material coletado fará parte do conteúdo da programação. Esse projeto deve começar por volta de março de 2009.

No Rio de Janeiro é possível assistir a emissora pelo canal 2 ou UHF 32. Em São Paulo UHF 68 e também pela internet no www.tvbrasil.org.br.

Mais sobre:
- TV Brasil (Wikipédia)
- TV Digital e TV Brasil: é bom prestarmos atenção
- TV Brasil: uma emissora cada vez menos pública
- TV Brasil



Radar Cultura
Em busca de uma modernização da sua programação, a rádio Cultura de São Paulo iniciou dia 17 de Dezembro um projeto em que o conteúdo da programação é montado com a participação dos ouvintes.

O ambiente colaborativo do site www.radarcultura.com.br permite ao ouvinte votar nas músicas e temas mais interessantes para discussão. É essa votação que seleciona o conteúdo que irá ao ar no programa Radar Cultura diariamente às 20h. A proposta da emissora é que esse modelo não fique restrito a um único programa da grade, mas que seja ampliado para toda a programação no futuro.

A rádio é sintonizada em São Paulo na frequência 1200 AM e também é possível ouvir pela internet no site www.radarcultura.com.br.

Mais sobre:
- Primeiro relato sobre o Radar Cultura
- Radar Cultura e o Twitter
- Tom Zé no Radar Cultura
- Radar Cultura Estréia com Blogs (e Twitter)
- #Radar Cultura