Páginas

Sprite e Close-up trazem novidades para o mobile marketing

Mobile Marketing você já conhece. O formato de vídeo que interage com o celular já foi bem explorado. Uma das mais famosas foi a ação da L´oreal com a Grazi Massafera.

Essa semana a Sprite lançou uma promoção que utiliza um formato diferenciado. Várias gravações diferentes são colocadas à disposição para o visitante escolher e indicar o celular de um amigo. Esse amigo é quem recebe a ligação e ouve a gravação. A promoção "Rei do Elogio" é interessante também pois é baseada num hit do Youtube, o rei do elogio da rádio de Quixeramobim.


Mas o formato de mobile marketing que mais chamou minha atenção essa semana foi dica do Leandro Gurman: A Close-up lançou uma promoção que aproveita de vários hypes. São três personagens que sob a onda do reality-show colocam suas vidas em exposição no blog da Close-up. Tem também o perfil no Twitter. O reality-show vai durar 3 meses.

Para divulgar a campanha, o mobile marketing não aparece nesse hotsite, mas na aba do MSN messenger. Os usuário do messenger que clicarem na aba da Close-up são convidados a indicar seu nome e número do celular. Logo após aparece um vídeo com o vocalista da banda Capital Inicial dizendo que vai passar seu número para uma outra garota(o) e você deve aproveitar os minutos de bate-papo para conquitá-la(o).

Ou seja, nesse formato de mobile marketing, ao invés de ouvir uma gravação, você interage com outra pessoa que também topou participar da ação.

Quer exeprimentar? Clique na aba do seu messenger!

MAIS SOBRE:
- Mobile Marketing: Close-Up e Capital Inicial te ajudam na pegação

3 comentários:

  1. Legais as ações mesmo. O pessoal já está começando a usar os formatos mais consolidados e de fato 'criando' em cima.
    Abcs

    ResponderExcluir
  2. Ola Eric,

    Soa como redenção esse seu post após toda aquela discussão que rolou sobre web-video-call.

    Abs

    Léo

    ResponderExcluir
  3. não diria uma "redenção", mas sem dúvida um alívio em saber que os criativos souberam dar atenção a esse problema da redundância.

    é bom ver quando a academia e o mercado de certa forma, acabam trabalhando em conjunto.

    ResponderExcluir