Páginas

Deu também na Veja

Agora foi a vez da revista Veja publicar a mesma matéria citada no post anterior.

:: A última travessura
Adolescentes usam toque de celular numa
freqüência que muitos adultos não escutam

Há muito as escolas decretaram que telefone celular só entra em sala de aula desligado e, de preferência, guardado bem no fundo da mochila. É compreensível. Não faz sentido que a lição seja interrompida pela versão digitalizada do último sucesso de Britney Spears – ou por coisa ainda pior. Agora, um grupo de adolescentes ingleses descobriu uma maneira engenhosa de burlar essa norma. Eles criaram um toque de celular, semelhante a um apito, que a maioria dos adultos não consegue ouvir. Com isso, podem receber avisos de mensagens armazenadas no celular, ou até mesmo chamadas, sem que a professora se dê conta da infração cometida bem à sua frente...
[veja a matéria completa]