Páginas

Cientistas criam robô que se reproduz sozinho

A ficção científica está mais próxima da realidade. De acordo com uma reportagem publicada na edição desta semana da revista "New Scientist", cientistas criaram o primeiro robô capaz de auto-reproduzir. Especialistas acreditam que a máquina pode desencadear um debate sobre como os robôs podem ser usados para explorar novos planetas.

Hod Lipson e colegas da Universidade Cornell em Ithaca, Nova York, construíram o robô que se auto-replica usando um pequeno mecanismo de construção de blocos que pode se movimentar e também se unir umas às outras através de eletroímãs.

Cada cubo de dez centímetros contém um microprocessador. Eles são equipados com um conjunto de instruções idênticas que informa ao bloco como se conectar e mover, dependendo do modo que está ligado às outras partes. As instruções são desenvolvidas para fazer com que os blocos trabalhem juntos e se auto-repliquem.

Por exemplo, três ou quatro blocos empilhados um em cima do outro para formar uma torre pode formar uma estrutura idêntica ao mover-se como um guindaste para pegar outros blocos próximos e colocá-los um em cima do outro. "As instruções não são tão complexas. Na verdade, elas surpreendentemente são bens simples", contou Lipson à "New Scientist".

A auto-replicação pode ter grandes implicações na maneira como os robôs são usados em ambientes remotos, nos quais consertá-los é difícil. "A auto-replicação é a mais avançada maneira de conserto", contou Lipson. "Você pode imaginar sistemas robóticos em marte ou no fundo do oceano realizando sozinhos reparos neles mesmos com a ajuda de um mecanismo como esse".

fonte: Globo.com