Páginas

Se você pensou que o livro iria acabar

Já faz alguns anos que Jack London abriu no Rio De Janeiro uma livraria onde é possível imprimir livros sob demanda, mostrando que o mercado de livros deve ganhar novos rumos na Era Digital, mas morrer, jamais.

Neste sábado a FOLHA publicou um artigo do New York Times que trata justamente dos diferentes sites que oferecem a publicação personalizada de livros. O usuário pode editar seu próprio livro e deixá-lo à venda para possíveis interessados.

Mais uma vez, assim como acontece com a indústria fonográfica, vemos que a internet e os meios digitais não irão acabar com os meios que o antecederam, mas com certeza promoverão uma mudança drástica nos modelos de negócios que organizam nossa sociedade de consumo.

Para ver mais:

- Solução para a pirataria?
- Armazém Digital
- Blurb.com